Concrete Logo
Hamburger button

O caso do programador 10x no Agile Brazil 2011

  • Blog
  • 24 de Agosto de 2011
Share

[fblike]

 

No final de junho tivemos na linda Fortaleza a 2a ediçao do Agile Brazil. Trata-se de um evento feito pela própria comunidade sem fins lucrativos. Alías os voluntários já começaram os preparativos para a 3a edição que em 2012 acontecerá em São Paulo. Se quiser e puder ajudar, se ofereça @AgileBrazil.

O evento deste ano agradou bastante e isto ficou patente nas avaliações on line.

Foi lançado este ano o livro Making Software: What Really Works, and Why We Believe It. Um dos textos que chama a atençao é do Steve McConnell, autor do famoso Code Complete e tem por título What Does 10x Mean? Measuring Variations in Programmer Productivity. É bastante polêmico e suscitou reações como a do prof Mark Guzdial no comentário do livro. Também atrai curiosidade saber de onde saiu o tal número 10x.

Ao ler este capítulo, lembrei do texto CannotMeasureProductivity do blog do Martin Fowler. E pensei nas alternativas viáveis para avaliar a produtividade de um desenvolvedor. Percebi que tais alternativas se compoem das mesmas práticas que podemos usar para elevar o nível dos programadores iniciantes. Foi exatamente isto que abordei na minha apresentação Como formar um programador 10x.

No último dia 9 de agosto a Caelum promoveu mais um dos seus eventos chamados Noite Ágil. Reapresentei a palestra do programador 10x que foi filmada com ajuda do meu amigo @scaphe

Os slides da apresentação podem ser vistos em
https://www.slideshare.net/lucabastos/agile-br2011-lucabastosprog10xnoiteagilcaelum-8981357

O vídeo está abaixo:

Luca Bastos – Prog 10x – Noite Ágil Caelum from Concrete Solutions on Vimeo.