Concrete Logo
Hamburger button

nosqlbrasil – dia 2

  • Blog
  • 26 de Outubro de 2011
Share

[fblike]

 

Vou seguir com a resenha do no:sql(br)/v2 iniciada com o post nosqlbrasil dia 1 para falar das apresentações do Sábado 22 de outubro. Sem mais delongas, passarei direto a elas:

 

Grade das palestras:

 

Palestras:

– MongoDB sharding and MongoDB Internals com Mathias Stearn

Palestra avançada para quem como eu ainda está no quarto capítulo do MongoDB: The Definitive Guide. Vários aqui na Concrete estudam o MongoDB mas não estou entre os que conhecem mais. Confesso que preciso rever para entender melhor. Sorte que filmei mais com intuito de ajudar os colegas que não conseguiram chegar cedo.

O filme está abaixo. A qualidade é bem amadora. Uma filmagem de muito melhor qualidade foi feita para o InfoQ e deverá ser mostrada brevemente:

 

MySQL: do ISAM ao noSQL com Airton Lastori

Palestra muito interessante pela história do MySQL. Mesmo quem conhece vai gostar de rever.

 

– noSQL sobre a plataforma Windows Azure com Luciano Condé

Nunca vi palestra de alguém da Microsoft em que o palestrante não fosse no mínimo brilhante. Desta vez não foi exceção. Pena que o conteúdo só ajudou na metade. Para mim restaram algumas dúvidas. Se pelo menos tivesse os slides para rever…

 

VoltDB: uma abordagem prática com Edward Ribeiro

Ótima apresentação que aguardo ansioso pelo slides. Já sabendo que é um ótimo palestrante, tratei de filmar. Porém… a memória da filmadora lotou com 6 minutos e pouco da apresentação… coisas de amador…

O VoltDB é um banco de dados SQL, open source, de nova geração para aplicações OLTP que precisam de altíssimo throughput. Trabalha com stored procedures que neste caso são classes Java com comandos SQL.

A apresentação citou um link que considero muito bom: What the heck are you actually using NoSQL for?

Quando falou das melhores práticas bati a foto abaixo:

 

O filme (#fail) só com os primeiros 6 minutos da apresentação está abaixo:

 

 

– Couchbase Server: Architecture and use-cases com Frank Weigel

Eu esperava mais. Para mim foi só uma visão geral. Ainda não sei o link dos slides(*) mas achei um vídeo no blog da couchbase. A foto que tenho está abaixo:

(*) Os slides foram publicados no site do evento

 

Consultas ultra-eficientes com ElasticSearch com Fabiane Bizinella Nardon

A Fabiane é bastante conhecida ganhadora de vários prêmios importantes e com um currículo expressivo. Acho que a primeira palestra que assisti dela foi há muitos anos atrás. Pelo que vi e gostei daquela palestra, fui estudar (com perdão da má palavra) EJBs (1.02 ainda com tudo remoto). A Fabiane é um exemplo de desenvolvedora que está sempre evoluindo e constantemente atualizada.

Esta foi uma das apresentações que mais lamentei não ter filmado. Só ver os slides não ajudará na percepção do tanto que foi boa porque o melhor foram os exemplos.

Abaixo uma foto do slide em que ela mostra como criar um river para integrar o Elastic Search com o MongoDB:

 

Lightning talks:

Alta performance com Lucene com Rodrigo Zaccara e Leo Nickel

Os dois contaram da experiência de uso do Lucene no UOL no projeto que substituiu o Fast-Search que demorava muito para indexar. Deram ótimas dicas e falaram das dificuldades que passaram até obter o número de consultas por segundo em consonância com os requisitos do projeto. Uma das apresentações que mais gostei.

 

– PostgreSQL para nuvens com Fernando Ike

Bem, fiquei sabendo mais do PostgreSQL e de como ele “poderia” (as aspas são minhas) ser usado  no mundo NoSQL.

 

– Cypher: Como a linguagem do Neo4j foi construída e como usá-la com Adriano Almeida

Ainda não sei o link para os slides e assim que souber atualizarei aqui. O Adriano falou de Cypher, a nova linguagem de consulta do Neo4J que está sendo desenvolvida. Na última reunião do grupo de estudos noSQLSummer aqui na Concrete SP cujo tema foi o Neo4J, ele participou via Skype direto de Nova York quando comentou bastante sobre o Cypher e comparou com o Gremlin.

Filmei daquele jeito meio amador e o resultado está abaixo:

 

 

Assim foi o evento. Na minha opinião um sucesso. Parabéns ao Porcelli e as empresas que apoiaram.