Concrete Logo
Hamburger button

Qual meio de pagamento tem maior conversão?

  • Blog
  • 8 de Setembro de 2014
Share

*Esse post foi originalmente publicado pelo Blog da Braspag, nossa parceira. Acesse o link original aqui.

O checkout é um dos momentos mais importantes de compra no e-commerce. Quando um consumidor escolhe seus itens e fecha o carrinho, podemos dizer que a parte mais difícil do processo de compra foi completada. Mesmo assim, nesse momento, muitas compras não são efetivamente concluídas e pagas. Por isso, os meios de pagamento oferecidos na sua loja têm um papel decisivo na última etapa da compra virtual.

Na hora de escolher quais meios de pagamento oferecer a seus clientes, muitos fatores podem ser levados em consideração, como a dificuldade de integração e manutenção, necessidades técnicas, taxas e percentual de conversão de cada meio. A Braspag, nossa parceira, lida diariamente com os números de conversão de cada meio e compartilhou alguns dados interessantes:

Primeiramente, quando falamos em conversão de meios de pagamento, consideramos o % de transações efetivamente pagas (autorizadas no cartão de crédito/débito, ou liquidadas no boleto), em relação ao número de total de transações que o cliente iniciou o pagamento.  Segundo a análise:

– A conversão de transações via cartão de crédito nas lojas pequenas e médias é de 70,2%; nas lojas de grande porte, 70,9%.

– A conversão via boleto é de 50,6% nas PMES e de 41,0% nas lojas grandes.

-A conversão via débito(*) é de 27,3% nas PMES e 39,1% nas lojas grandes.

(*) débito inclui transferência entre contas e cartões de débito

Analisando esses números, percebemos que o cartão de crédito é o meio que mais converte, independentemente do tamanho da loja. O segundo meio que mais converte é o boleto. Seu percentual é menor em relação ao crédito, principalmente por ser pago posteriormente ao momento da compra, o que inibe a compra do cliente por impulso.

Além disso, a conversão do boleto é maior nas PMES em relação às lojas maiores, possivelmente porque lojas menores incentivam mais esse método devido ao baixo custo e também porque há uma confiança maior por parte do consumidor, uma vez que ele não precisa digitar seus dados sensíveis para completar a compra. No entanto, para o débito, nota-se uma menor conversão de vendas geral, principalmente nas PMES. Como há uma mudança no ambiente da loja para o banco no processamento do débito e, consequentemente, mais telas e campos para o cliente preencher, a conversão acaba sendo diretamente afetada.

Mesmo com o conhecimento desses importantes dados de conversão, o ideal é sempre oferecer o maior número possível de opções de pagamento para seu cliente. Considerando que há muitos esforços envolvidos para que o cliente chegue no momento de apertar o botão “Comprar”, os meios de pagamento disponíveis devem facilitar esse processo, sendo diversificados e atendendo as diferentes necessidades de pagamento de cada cliente.