Concrete Logo
Hamburger button

As novidades do Facebook

  • Blog
  • 28 de Março de 2015
Share

No último dia 25, o Facebook realizou a conferência para desenvolvedores F8, evento no qual apresenta as inovações e novidades da empresa para o ano. Como era de se esperar, as principais mudanças atingem quem usa a rede nos smartphones. Dentre os anúncios, o destaque ficou por conta do Messenger Platform, que integra o Facebook a outros serviços, e o Business, que visa ajudar na comunicação entre colegas de trabalho.

Pelo discurso, ficou claro que a empresa de Mark Zuckerberg quer se posicionar como uma plataforma de negócios e deixar de ser apenas uma rede social. Inclusive o termo “rede social” não é mais usado pelos representantes do Facebook, substituído por “conexão de pessoas”. De acordo com a mensagem do evento, o ponto central é que conectar pessoas gera relacionamentos, relacionamentos geram negócios e que, se for para fazer um negócio, faça pelo Facebook. Além disso, outra preocupação demonstrada pelo Facebook durante a F8 é que a companhia não perca o seu “lado legal”, uma vez que, segundo Zuckerberg, nasceu para ser assim.

F81

As principais novidades anunciadas estão relacionadas ao app de mensagens do Facebook, o Messenger. A primeira é o Messenger Platform, que vai integrar o serviço a diferentes aplicativos e promete melhorar a comunicação na rede. A ideia é que o usuário possa editar um vídeo em um aplicativo e enviá-lo diretamente para o Messenger, por exemplo. O Messenger Business, por sua vez, vai proporcionar melhorias para conectar colegas de trabalho. Será possível marcar compromissos e enviar documentos, por exemplo. Além disso, lojas poderão enviar recibos e códigos de rastreamento de entrega para seus consumidores por meio do Messenger, inclusive com um mapa atualizado em tempo real e possibilidade de uso de vídeos em 3D. Inclusive os vídeos também são uma aposta do Facebook, o que demonstra um contra-ataque ao Youtube. Eles serão incorporados em diversas páginas e de diversas formas.

Facebook CEO Mark Zuckerberg speaks during his keynote address at Facebook F8 in San Francisco

Os anúncios mostram o quanto o Facebook está atento ao mercado. A ideia da gigante é dominar tudo o que há de mais popular na tecnologia. Para impedir que apareça um “novo Facebook”, a estratégia tem sido adquirir companhias que estejam alinhadas com seu posicionamento (como o Whatsapp, de mensagens, e Instagram, de fotos e vídeos) e fazer com que o seu usuário consiga fazer o máximo de tarefas possível via Facebook e, assim, passe cada vez mais tempo em seu domínio. Neste sentido, a gigante lançou ainda um kit de desenvolvimento para quem quer integrar seus apps à plataforma e ressaltou em diversos momentos do discurso o termo “Family App”, que demonstra que o Facebook deixou de ser apenas “o aplicativo azul” do seu smartphone e se tornou uma “família de apps”.

F82

Outra ideia anunciada na F8 e relacionada ao app de mensagens é um botão para enviar conteúdo por meio do Messenger. O novo botão deve estar disponível em páginas da web e em mais de 40 aplicativos.

Por fim, vale o destaque para o Analytics for Apps e para a Internet das Coisas (IoT, na sigla em inglês). O primeiro recurso vale para os aplicativos que usam o Facebook App Events e promete facilitar aos desenvolvedores o conhecimento de seu público, disponibilizando informações sobre eles. O Facebook anunciou ainda o lançamento de uma ferramenta de desenvolvimento, ligada ao Parse, para integrar os seus serviços às plataformas de IoT.

Em uma analogia com o filme “A Rede Social”, agora o Facebook não cobra pela entrada na festa e não quer que ela acabe às 23h. Pelo contrário, ele te convida pra uma festa multitemática promovida por ele mesmo, sem hora para acabar, banca sua entrada, te apresenta os convidados e as atrações mais interessantes e ainda guarda as suas boas recordações.

Assistiu à F8? Destacou algo que não percebi? Deixe abaixo seus comentários!