Concrete Logo
Hamburger button

Google vai ranquear sites mobile-friendly

  • Blog
  • 17 de Abril de 2015
Share

Já passou o tempo em que para ter seu site bem ranqueado nas buscas do Google era preciso apenas de palavras-chave, semântica e quantidade de acessos. No próximo dia 21 de Abril, o Google vai colocar em funcionamento uma alteração no seu algoritmo de ranqueamento de sites que vai atingir diretamente aqueles que não têm seu site responsivo ou uma versão mobile web. Essa alteração é parte da tendência que o Google vem seguindo de se concentrar em fatores UX ao classificar sites.

Desta forma, ao fazer uma busca no Google no seu celular (isto ainda não afeta tablets), o Google vai mostrar no resultado sites que sejam compatíveis com dispositivos móveis, os chamados sites responsivos (que se adaptam a diferentes tamanhos de tela). Visualmente, o usuário perceberá a mudança sutilmente: o Google vai colocar apenas a seguinte marcação logo antes da descrição do site: “para mobile”, em português, e “mobile-friendly”, em inglês.

Rafael1

 

Isso vai afetar muitos sites?

De acordo com um recente estudo realizado pelo CGI.br e publicado pela  Exame, 82% dos brasileiros têm um aparelho celular, o que representa 137 milhões de pessoas. Dessas, 31% usaram internet no celular nos últimos três meses, o que equivale a um total de 42,5 milhões de brasileiros acessando a internet via celular. Para complementar estes números, o estudo diz ainda que navegar em sites é algo feito por 23% deles, mais de 32 milhões. Ou seja, se a sua empresa ainda não tem um site amigável para usuários de celular, vai perder espaço.

Como saber se meu site está de acordo?

Para aqueles que não sabem se essa mudança vai afetar seu site, o próprio Google disponibilizou uma ferramenta com a qual é possível fazer a verificação de compatibilidade. É só inserir a url do seu site.

Rafael2

 

Ou seja, além de priorizar o bom conteúdo, agora o Google está valorizando também a experiência de navegação do usuário. Os conceitos de criação de sites atuais estão baseados na experiência do usuário, e essa foi a forma que o Google encontrou para fazer com que todos os sites se adaptem a essa mudança. Um site responsivo dá ao usuário uma melhor experiência independente de dispositivo que ele está utilizando para acessar o seu site.

O que fazer se meu site estiver fora do padrão?

Bom, se seu site está fora dos padrões, o primeiro passo é fazer um projeto de responsividade, principalmente se sua empresa vende pela internet. Na verdade, o ideal é que você ofereça uma experiência nativa para seu usuário, criando um app da sua empresa, pois só assim você terá a certeza que ele vai ter a melhor experiência.

Imagine que seu e-commerce não é responsivo e o seu usuário quer fazer uma compra navegando pelo celular, mas não consegue clicar no botão de comprar ou não consegue buscar o produto que deseja porque no seu dispositivo o layout “quebra”? Você está simplesmente perdendo vendas, conversão e clientes. É hora de se adaptar.

Bom, acredito que a maioria de seus concorrentes ainda não sabe dessa notícia, e por isso ainda dá tempo de você sair na frente deles. Caso você não saiba por onde começar, ou precise de alguma ajuda, pode contar com a gente =)

Dúvidas, sugestões ou críticas? Aproveite o campo abaixo. Até a próxima!