Concrete Logo
Hamburger button

Scrum Master + Agile Coach = Agile Master?

  • Blog
  • 26 de Janeiro de 2016
Share

Cada vez mais, a busca por Agile Coaches se consolida no mercado de agilidade. Ao anunciarem oportunidades para Scrum Masters, algumas empresas acrescentam no título que desejam que este seja também um “Agile Coach”. Do que se trata, afinal? Qual é essa atribuição extra que o Scrum Master precisa desenvolver? E quais as fronteiras de atuação entre um papel e outro?

Primeiramente, vamos falar um pouco mais sobre o Scrum Master. Em um projeto que utiliza o framework Scrum, ele é o responsável por garantir que a metodologia Scrum seja entendida e aplicada para garantir que todo o time esteja a par da teoria, práticas e regras, Ele é um servo-líder para o time, e “coaching e facilitação” é o seu lema, enquanto garantir a aplicação do framework Scrum é a sua missão. Como líder-servidor do Scrum, deve garantir que os times não estejam enfrentando impedimentos para realizar o seu trabalho. Apesar de ser um papel gerencial, não está sob sua responsabilidade gerir o time, mas ajudá-lo para que, por meio de auto-organização e multidisciplinaridade, alcance os objetivos do projeto. Quanta responsabilidade, não?

2

E por que ainda exigir que o Scrum Master seja um Agile Coach? Pela natureza de seu papel, o Scrum Master exercita bastante a prática de coaching. É sua responsabilidade desenvolver os times, ajudá-los a amadurecer e a encontrar maneiras de cada vez mais aumentar sua performance. No entanto, enquanto Scrum Master, a sua atuação talvez se limite ao projeto/produto, apesar de, em muitos momentos, atuar como um facilitador organizacional. É premissa que ele esteja empoderado da navegabilidade na organização de tal forma que consiga remover os devidos impedimentos quando estes estão fora do time.

É nesse momento que a transição para o papel de Agile Coach acaba se tornando natural. Pela sua navegabilidade, o Scrum Master vai enfrentar situações em que a própria organização ainda não é ágil o suficiente para garantir que os times “performem” em agilidade. Dessa forma, o Agile Coach é alguém que irá influenciar a organização a ter uma maior fluência em agilidade. Motivará a gerência, a alta direção e a organização como um todo (e isso inclui até mesmo outros Scrum Masters) a aplicar os princípios ágeis no dia-a-dia. O seu conhecimento não deve se restringir a um framework específico. Pelo contrário, o Agile Coach deve ter à sua mão uma verdadeira caixa de ferramentas ágeis para ajudar na aplicação de metodologias, como Kanban, Scrum, Lean, XP e Management 3.0, para citar algumas.

1

Em resumo, Scrum Masters atuam em projetos e seus times e Agile Coaches na dimensão organizacional. Sendo assim, o Scrum Master é o mais indicado para se tornar um Agile Coach? Bem, conforme supracitado, a transição acaba ocorrendo de forma natural pela navegabilidade que os SMs costumam ter nas organizações, mas isso não significa que SOMENTE SMs possam atuar como Agile Coaches. Profissionais que têm fluência em agilidade, compreendem os princípios e sabem aplicar as devidas técnicas no tempo e da maneira adequada, além de possuírem habilidades de atuarem como coaching, influenciando de maneira positiva a organização, as pessoas e a si próprio, são os ideais para exercer esse papel, que cada vez mais ganha espaço no mercado. Em um momento que já se fala na 3ª onda do Agile, a Agilidade em negócios (Business Agility), ser/ter o papel do Agile Coach parece ser primordial.

3

E um Scrum Master que atua como Agile Coach é um Agile Master? Como essas terminologias, papeis e outras dimensões são definidas pelo mercado, aguardemos os próximos capítulos do que o mercado dirá. E você? Quais diferenças ou semelhanças você vê entre Scrum Master e Agile Coaches? Deixe sua opinião aqui embaixo!