Concrete Logo
Hamburger button

Amazon News – Reservas Agendadas

  • Blog
  • 5 de Fevereiro de 2016
Share

Para quem fez recentemente alguma prova de certificação para a AWS, ainda deve ter fresco na cabeça os modos de reserva light e medium. Isso ainda cai na prova, mas de fato já não há mais reservas desse tipo disponíveis, exceto para raras exceções no marketplace.

Quando mantínhamos máquinas ligadas menos que 100% do tempo, valia a pena fazer as reservas light e medium pois elas bilhetavam apenas as horas efetivamente utilizadas. Com isso, níveis de utilização entre 30% e 90% ficavam muito bem com reservas que não eram para 100% do tempo como são as reservas heavy.

O modelo funcionava, mas certamente não era a coisa mais simples do mundo, nem para quem comprava e nem para a AWS, pois o nível de previsibilidade no uso não necessariamente era melhor com as reservas light e medium.

Para facilitar as coisas, a AWS migrou o modelo de reservas de instâncias com diferenças apenas no perfil de investimento. 100% upfront para pagar de forma adiantada pelo EC2 com melhor preço, até o modelo sem adiantamento, apenas com o compromisso de uso por 1 ou 3 anos.

Com o modelo novo ficou mais fácil fazer reservas de instância. O problema é que para máquinas que ficam apenas parte do dia ligadas não tínhamos mais uma forma de economizar, e acabávamos por usar muito mais máquinas On Demand. O que também não ajuda a AWS na previsibilidade da sua capacidade.

Em casos em que utilizamos schedule no autoscaling para aumentarmos a capacidade durante o dia, acabávamos ficando sem um mecanismo para casar reservas de instâncias. Afinal, a reserva de instância sempre te cobra 100% do tempo, usando a máquina ou não.
Para atacar esta questão, a AWS acaba de lançar a reserva agendada!

Isto quer dizer que você faz uma reserva de acordo com um agendamento de uso, e com isso pode voltar a economizar quando tem máquinas ligadas em tempo parcial.

Escolhendo Agendamento
Para fazer a reserva com um agendamento, você informa a AWS qual o horário do agendamento, por quanto tempo vai usar a máquina e pronto.

Em contra-partida, nesse modelo a AWS também sabe quando tem demanda de uso de forma regular e pode planejar sua capacidade e até mesmo ajustar preços spot baseando-se em usos conhecidos de sua capacidade no EC2.

Como exemplo, se nosso autoscaling tem um mínimo de 2 máquinas e escala a partir das 09:00 da manhã para 8 máquinas, podemos fazer 2 reservas full e outras 6 reservas agendadas para entre 09:00 e 22:00. O que utilizarmos a mais que o agendado pode naturalmente ser utilizado como On Demand.

Resumindo a história, ficamos um tempo sem economizar com reservas em situações em que as máquinas não ficam ligadas 100% do tempo. Agora com o novo tipo de reserva podemos novamente fazer um planejamento próximo do uso e economizar por causa disso.

Ficou alguma dúvida ou tem algum comentário a fazer? Utilize os campos abaixo.