Concrete Logo
Hamburger button

Código de Ética do Profissional de Software

  • Blog
  • 9 de Novembro de 2016
Share

No último dia 31 (2016-10-31), participei de um painel no Scrum Pulse.

O Scrum Pulse #18 foi criado com a preocupação de discutir, dar atenção e valorizar a questão ética para os profissionais de software. O que nos perguntamos é: qual a diferença entre um profissional e um amador na nossa área?

O profissional aparece na hora ? O profissional escreve mais linhas de código ?
Ou podemos pensar que um profissional conhece melhor (se preocupa) com as consequências do que está fazendo ?

Imagine que você vai para uma cirurgia no coração, porém, ao olhar os custos da cirurgia, diz para o médico:
– “Essa iluminação toda vai ficar muito cara, e R$ 100 por um par de luvas não faz sentido. É só lavar bem as mãos. Eu quero fazer a cirurgia, mas sem estas coisas extras.”
O que o médico vai responder? Acha que ele vai fazer a cirurgia sem luvas? Eu acho que não.

“Hey Victor… software é diferente, não é cirurgia do coração!”

O escritor Cory Doctorow afirma em um discurso bastante conhecido que: “Não existem aviões, apenas computadores que voam. Não existem carros, apenas computadores nos quais sentamos. Não há aparelhos auditivos, apenas computadores que colocamos nos ouvidos.”
Software é uma atividade criativa sim, mas software está em todo lugar. As vidas das pessoas dependem de software bem escrito, e vão depender cada vez mais. O software que criamos vai permear e, em última análise, mudar nossa sociedade.

Como atividade criativa que é, seu código será um reflexo de você. É um pedacinho daquilo que estava em sua mente, solto por aí em nossa sociedade.

Quem quer andar em um carro dirigido por um computador duvidoso ?

Eu certamente gostaria que quem escreveu o software que eu uso estivesse pensando em mim, e não escrevendo cegamente. Ao mesmo tempo, quando escrevo software eu tenho um compromisso, estou pensando no usuário final.

Ken Schwaber diz: “Não tome um risco que não é seu, que não pertence a você.”
É importante informar, criar transparência para que os verdadeiros envolvidos possam decidir sobre seu próprio risco. Ter uma atitude profissional depende de nós, e definir o que quer dizer ser um profissional não depende de metodologia ou processo, depende de nós também. Junte-se à conversa. =)

Scrum Pulse #18

Estes são os slides do painel.

O código de ética original em inglês pode ser encontrado aqui.
Esta é a tradução em Português. Aproveite para comentar a versão traduzida aqui nesse post.

Código de Ética Profissional de Software

Como um profissional de software, vou me conduzir com honestidade e ética onde quer que eu trabalhe no mundo.
Vou aderir ao código de ética aqui descrito e defender os valores de transparência, coragem, respeito, foco e comprometimento.

Eu não cederei sob pressão ou incentivo em manter os padrões profissionais a seguir e:

Eu vou compreender e comunicar o valor do trabalho entregue.
Eu vou definir e manter um padrão claro e transparente de qualidade e não vou comprometer esse padrão.
Eu não vou reter qualquer informação que possa prejudicar a minha equipa, nossos stakeholders, nossos usuários ou da comunidade pública.
Eu não vou insinuar certeza onde ela não existe.
Eu vou compartilhar meu conhecimento com os outros sem egoísmo.
Eu vou me aperfeiçoar continuamente.
Eu vou fazer o melhor que posso.
Eu contestarei qualquer pessoa que não demonstrar os padrões profissionais descritos aqui.
Eu vou defender este código de ética para mim e para os outros, para coletivamente melhorarmos a profissão de Software.
Este código respeitarei e subscrevo.

E aí, concorda? Deixe seus comentários abaixo! Até a próxima.