Concrete Logo
Hamburger button

Tá rolando o Velocity NY 2017!

  • Blog
  • 5 de Outubro de 2017
Share

Nesta semana começou a 10ª edição do Velocity, e estamos aqui em Nova York para acompanhar. Se você não tem ideia do que a gente está falando, clique aqui para saber mais sobre o evento.

Existem outros grandes eventos mundiais, como a Dockerconf, o AWS Reinvent e o Google IO, mas o Velocity é o principal evento voltado à comunidade DevOps de forma diretamente desvinculada. Por isso, a variedade de assuntos, tecnologias e ferramentas que você pode encontrar aqui é enorme.

Na segunda-feira (2/outubro) o dia foi preenchido com treinamentos técnicos, do tipo “mão na massa”. Pudemos notar algumas tendências, que depois vimos se repetir:

• Docker está sendo usado em produção, e os velhos problemas de produção começaram a aparecer. Como fazer o build da melhor forma? Como escalar o cluster corretamente? Como monitorar? Como tornar seguro? Foram diversas tracks falando sobre esse assunto;

• Data Science com Python e Jupyter está sendo utilizada em cenários mais comuns. E-commerces, por exemplo, estão usando análises com regressão linear para encontrar um equilíbrio entre infraestrutura e campanhas de marketing por meio de logs de acessos;

• Monitoramento e tracing estão mostrando seu valor, e o SRE é o grande responsável por difundir uma cultura de monitoramento mais inteligente e ativa no meio corporativo;

Na terça, dia 3, começaram os keynotes e as apresentações técnicas. Algumas apresentações no keynote foram bem interessantes, por exemplo:

• Carin Meier mostrou que programação não precisa ser apenas texto. Podemos explorar novos paradigmas… A parte mais interessante, na nossa opinião, foi Chemical Programming;

• Cynthia Savard fez uma palestra incrível sobre como o design afeta as soluções. Ela mostrou até que design ruim pode matar pessoas =O;

• Claire Le Goues mostrou avanços interessantes na correção automatizada de bugs usando algoritmos genéticos e de busca. Bem técnica, mas muito legal;

• Matt Cuts mostrou como metodologias ágeis, API first e DevOps podem transformar até mesmo instituições como o governo dos Estados Unidos. Seu trabalho no United States Digital Service é notável;

• Neha Narula falou sobre computação distribuída e como os algoritmos abertos podem trazer segurança, usando o exemplo do Blockchain;

Ontem, dia 4, tivemos muitas palestras legais.
Gostamos muito de duas delas:

• Your (container) secret’s safe with me, com Liz Rice: como passar dados de forma segura para Containers? Fique ligado que teremos posts sobre o assunto em breve. 😉

• Sysadmins and DevOps and SREs, oh my! com Bryan Liles. Essa foi muito legal e vimos o quanto o fator cultural é importante na adoção da estratégia.

E não foi só isso! Também vimos muitos outros temas interessantes relacionados à complexidade de ambientes, cultura DevOps, monitoramento e segurança. Ontem, depois de um pesado dia de estudo e muitas novidades, todos foram se encontrar no The Attic Rooftop & Lounge para conversar, beber e dançar.  E foi isso. Logo a gente volta com mais novidades do mundo DevOps. Fiquem ligados 😉

Gosta da Cultura DevOps e quer trabalhar em um time fantástico? Clique aqui e cadastre seu currículo.