Concrete Logo
Hamburger button

Como foi o AWS re:Invent 2017

  • Blog
  • 5 de Dezembro de 2017

Fala aí, pessoal, tudo bem?

Esta foi a minha primeira viagem internacional e, modéstia a parte, comecei em grande estilo! Las Vegas é o “lugar” do entretenimento e pude perceber isso em poucas horas na cidade. Foi daí que me lembrei daquela famosa frase: “O que acontece em Vegas, fica em Vegas”. Porém, neste caso, não vai ficar e iremos cair de cabeça neste que é um dos principais eventos do segmento tecnológico do mundo. Let’s go?

A Conferência

O re:Invent tem um propósito bem definido além de trazer tendências e inovações. O propósito é de promover o contato de diferentes pessoas, de diferentes lugares do mundo, com diferentes culturas, com diferentes perspectivas… A AWS soube como promover um evento que unisse essa diversidade, usando um elo motivador chamado reinvenção.

Neste ano, tivemos a participação de cerca de 46 mil pessoas e esse número vem crescendo a cada evento.

Estrutura:

  • Sessions Tracks
  • Event Types
  • Keynotes

O que pude perceber sobre essa estrutura de um modo geral é que ela tinha um viés focado em desmistificar a adoção de tecnologias que até então, poderiam ou não fazer parte da sua solução. Isso foi feito de diversas formas, através de sessões técnicas, bootcamps, hackathons e muito mais. Tivemos muitas sessões sobre aprendizado de máquina, inteligência artificial, micro serviços, IoT… O fato é que no mundo, Cloud já é realidade há algum tempo e quem não estiver neste caminho, não vai ganhar musculatura e velocidade para a tomada de decisões.

O Evento

Em 2017, tivemos seis hotéis & cassinos que formaram o campus:

  • Aria
  • Encore
  • MGM Grand
  • Mirage
  • The Linq LOT
  • The Venetian

Todos estão localizados na principal avenida de Vegas, a Strip. Abrindo um parênteses aqui: quando falei sobre diversidade, não é toa, Vegas propicia isso naturalmente e a Strip materializa isso e essa combinação, pelo menos para mim, é o que proporciona ao evento uma dinâmica particular.

A AWS disponibilizou ônibus para o deslocamento entre os hotéis, além disso, em todos os lugares era possível encontrar algumas pessoas sempre muito atenciosas com uma camiseta “Ask me”.

Os Keynotes

Principais anúncios

Terry Wise

VP, Global Alliances, Ecosystem and Channels

Segundo Terry, somente em 2017, houve mais de 10 mil novos parceiros APN. As equipes da AWS estão gerando dezenas de milhares de leads para os parceiros que são compatíveis com as capacidades do parceiro. Essas capacidades geralmente são refletidas pela conquista de competências, para as quais Terry anunciou a adição de duas competências em 2018:

  • Networking
  • Machine Learning
  • Blockchain
  • Containers
  • End User Computing
  • Cloud Management Tools

Peter DeSantis

VP, AWS Global Infrastructure

O tema da noite foi Inovação em Escala, o que faz sentido dado à enorme estrutura global da AWS. Depois de cinco anos de operação, a AWS só ofereceu quatro regiões de serviço, mas após dez anos, aumentaram para 11 regiões. Contudo, entre 2016 e 2018, eles vão estar com mais 11, incluindo sua primeira região do Oriente Médio, em Bahrein.

EC2 Bare Metal

A AWS vai oferecer instâncias EC2 Bare Metal! Isso têm grandes implicações para os usuários corporativos que executam cargas de trabalho que exigem um hipervisor específico (ou não virtualizados) ou que vêm com termos de licenciamento restritivos. O anúncio do EC2 Bare Metal é uma notícia incrível para aqueles que precisam (ou querem) de acesso direto ao hardware que gerencia suas infraestruturas.

AWS GuardDuty

O AWS GuardDuty é um serviço de inteligência de detecção de ameaças. A ativação apenas envolve alguns cliques e não impõe sobrecarga no restante da sua infraestrutura. Você ativa e tudo “simplesmente funciona”. Mas o que exatamente isso faz? O GuardDuty oferece monitoramento contínuo de conta e rede através de aprendizagem de máquina. Ao longo do tempo, ele escolhe sobre como você usa AWS, e se algo acontecer fora do comum, isso permite que você saiba. Os insights de segurança acionáveis ​​são provavelmente o maior recurso oferecido pelo GuardDuty, mas também vem com muitos outros, incluindo um feed de detecção de ameaças criado pelos engenheiros de segurança da AWS e seus parceiros.

Andy Jassy

CEO, Amazon Web Services

Jassy iniciou com uma rápida introdução sobre a empresa, falando sobre a receita, a taxa de crescimento, a variada base de clientes e sobre os parceiros. Ele também mencionou sobre o quadrante mágico e como a companhia está em relação aos concorrentes.

Containers

Amazon Elastic Container Service para Kubernetes (EKS)

O EKS é um serviço gerenciado na AWS, o que elimina a necessidade de executar manualmente Kubernetes em instâncias EC2 que você configurou. É compatível com nuvem híbrida, se implanta automaticamente em várias zonas de disponibilidade e o melhor de tudo: se integra com o resto da plataforma AWS, mantendo o objetivo de gerenciamento de infraestrutura simples.

AWS Fargate

É um serviço de contêiner totalmente gerenciado e isso inclui a infraestrutura subjacente (ECS e no futuro, EKS). Você agenda sua carga de trabalho, configura a infraestrutura que deseja ser executada e faz o upload. Não há gerenciamento de cluster e você não precisa se preocupar com servidores. A Fargate pretende ser uma solução de gerenciamento total de contêineres e uma extensão muito agradável do ECS e EKS.

Databases

Aurora Serverless

Usando o mecanismo de banco de dados Aurora existente, o Aurora Serverless visa reduzir custos e melhorar enormemente a escalabilidade (aumentando e diminuindo automaticamente). Ele também elimina a necessidade de fornecer manualmente novas instâncias.

Amazon Neptune

Neptune é um serviço de banco de dados de gráficos totalmente gerenciado. Com o Amazon Neptune, você pode armazenar bilhões de registros em latência de milissegundos. Ele suporta modelos de gráficos Apache Tinkerpop e W3C RDF, de modo que as compensações que você tenha feito com soluções comerciais existentes não são mais um problema.

Machine Learning

Amazon Sagemaker

O Amazon Sagemaker é provavelmente o maior e mais abrangente serviço que Andy anunciou. Seu objetivo é permitir que você gerencie e implemente estruturas de aprendizagem de máquinas.

Amazon Rekognition Video

Até agora, estamos usando o AWS Rekognition para o reconhecimento de imagem. Com o Amazon Rekognition Video, você pode processar vídeo em tempo real e em lote para detectar objetos, pessoas, atividades e muito mais. Para dar alguns exemplos práticos, pode ser usado para detectar conteúdo inapropriado ou verificar imagens de vigilância para pessoas desaparecidas.

Amazon Comprehend

O Comprehend é um serviço de processamento de linguagem natural totalmente gerenciado. Veja como funciona: você fornece dados da sua origem (S3, provavelmente) através de uma API, e o Comprehend vai fornecer quatro elementos para análise: Entidades, frases chave, linguagem e sentimento.

IoT

AWS IoT Device Management

Este serviço permite que você suba, implante e gerencie sua frota de dispositivos em uma única localização. Alguns recursos incluem a organização do inventário, a consulta da frota para solução de problemas e a implantação remota de atualizações.

AWS IoT Device Defender

Muitos dos ataques DDoS que vimos nos últimos anos utilizaram dispositivos IoT não protegidos. Os resultados desses ataques foram desastrosos. O IoT Device Defender permite que você defina as políticas do dispositivo, as audite e monitore os comportamentos em um nível individual para identificar anomalias e comportamentos fora de conformidade.

Jassy terminou o keynote discutindo os três serviços oferecidos pela AWS que realmente ajudam a apoiar a capacidade de criação de valor para os clientes:

  • Serverless
  • Aprendizado de máquinas
  • IoT

Werner Vogels

CTO, Amazon.com

Werner não anunciou tantos produtos como o Andy, mas o conteúdo do keynote foi fantástico. Werner se concentrou no Well Architected Framework e nos cinco pilares: excelência operacional, segurança, confiabilidade, eficiência de desempenho e otimização de custos. Ele relacionou o seu conteúdo com algumas histórias de clientes bem bacanas.

Werner também apresentou o modelo de arquiteturas do século 21:

Alexa para Negócios

Herda as ótimas funcionalidades da Alexa e as aplica ao ambiente empresarial. Imagine entrar em uma sala de conferências e pedir: “Alexa, carregar a configuração para a reunião da equipe de DevOps” e, imediatamente, escurecer as luzes, fechar as persianas, ligar para a videoconferência e carregar todo o conteúdo da apresentação sobre o CAMLS da sua empresa…

AWS Cloud9

Já faz um pouco mais de um ano que a AWS comprou a Cloud9, startup baseada em São Francisco que criou uma IDE ‘Cloud’ que você pode usar no seu navegador. O AWS Cloud9 já suporta JavaScript, PHP, Python, Go e muito mais.

Novas funcionalidades no Lambda e no API Gateway

Go e .NET juntam-se a Python, NodeJS, C# e Java para a escrita de funções sem servidor. Alguns outros recursos também foram anunciados hoje, incluindo um novo tamanho de memória de 3GB, controles de concorrência e suporte a VPC do API Gateway.

Repositório de aplicativos sem servidor

Até agora o Lambda veio com funções pré-construídas que proporcionaram um ponto de partida e que exigiram uma configuração adicional para fazer qualquer coisa útil. Hoje, isso muda.

O repositório de aplicativos sem servidor vai ser um lugar colaborativo para descobrir uma coleção de funções construídas pela comunidade e para compartilhar as funções que você construiu. Todos os novos produtos e funcionalidades deste ano estão disponíveis aqui.

 

Não sei se vocês perceberam, mas é notório que o próximo passo da AWS é utilizar aprendizagem de máquinas e inteligência artificial para o desenvolvimento de novos produtos. O Cloud First ficou para trás, o que reina agora é o AI First.

re:Play

Amigo, em Vegas a festa é lei e é óbvio que não passaríamos em branco. O festa contou com a participação de alguns DJs internacionais e jogos bem divertidos para dar boas risadas. Dê uma olhada no vídeo.

Para você que pensou que eu acordaria com um tigre, sem dente e casado com uma stripper se enganou! 😛

See you later.

Quer fazer parte de um time ágil com cultura DevOps? Vem trabalhar com a gente!