Concrete Logo
Hamburger button

Eficiência e Eficácia: como conseguir o perfeito equilíbrio?

  • Blog
  • 19 de Fevereiro de 2018
Share

Eficiência e Eficácia: será que devemos equilibrar?

Se existe um assunto que está em evidência é a discussão entre ter Eficiência e Eficácia. Mas e aí? Será que devemos priorizar um dos dois? Ou seria melhor equilibrar essa balança?

Não existe mágica, mas nesse caso existe um conceito que, no meu ponto de vista, é o perfeito equilíbrio entre a Eficiência e Eficácia. E esse conceito é o Manifesto Ágil.

Aí você deve estar pensando, como assim? Se o Manifesto não fala nada sobre Eficiência e Eficácia, como ele pode ser a perfeita balança entre os dois?

Para você entender o que quero dizer, vamos ter que aprofundar um pouco mais sobre o que é Eficiência e o que é Eficácia. E também em como esses dois conceitos se relacionam.

De onde vem a Eficiência?

O século XX pode, sem dúvida nenhuma, ser chamado de “O século da Eficiência“, concorda? Afinal de contas, neste século tivemos dois fatores primordiais que contribuíram para a formação do conceito da eficiência: as duas Guerras Mundiais e 0 Crescimento populacional.

Pense rápido e responda: quem você acha que ganhou a Grande Guerra?

Você deve estar pensando, “Claro, que quem teve a melhor estratégia e exército“. Se você acredita nisso, sinto te informar, mas você está errado.

Quem ganhou a Guerra foi quem tinha o maior poder de fogo, ou seja, era quem PRODUZIA mais armas, aviões, tanques etc, em menos tempo. Esse foi um fato determinante.

Em resumo, foi uma vitória da eficiência, ou seja, de quem produziu mais em menos tempo. Isso é eficiência.

Mas não foi só a Guerra que fez o século XX se tornar o século da eficiência, o crescimento populacional foi tão ou mais determinante.

Crescimento populacional impulsionou a eficiência das organizações

Durante o século XX a população mundial triplicou, de 2 bilhões para 6 bilhões. Isso impactou diretamente no consumo, obrigando as indústrias a serem mais eficientes ao produzirem qualquer coisa, uma vez que a demanda cresceu absurdamente.

Eficiência e Eficácia – Crescimento Populacional – Século XX

Se eficiente é ser capaz de fazer bem algo, em grande quantidade. Como por exemplo, produzir um lápis ou uma caneta. Antes, para se produzir uma caneta uma indústria levava alguns dias e hoje com certeza deve levar menos de uma hora. Percebeu? A caneta não mudou, o que mudou foi a eficiência do processo de produção.

E a Eficácia? Por que devemos ser eficazes?

Se o século XX é o século da eficiência, será que podemos chamar o século XXI de Século da Eficácia?

Bom, na minha opinião, sim. Mas isso por que estamos vivemos a chamada Era da Informação.

Atualmente temos tudo na palma da nossa mão. Se acontecer algo histórico no Japão, vamos com certeza ficar sabendo praticamente instantaneamente. Concorda?

A informação está em todo lugar e ainda temos um complicador, ela muda a cada minuto, segundo… ela se transforma rapidamente. Ou seja, ela é muito volátil.

Informação transformada em inovação

Eficiência e Eficácia – Informação gera Inovação

E a informação tem mais um característica fundamental, que é quando adicionamos a experiência de alguém a ela, vai ser criado um conhecimento. E esse conhecimento pode gerar inovação. Isso devido aos conhecidos Trabalhadores do Conhecimento.

Essa transformação da informação em inovação, através do conhecimento das pessoas é que gera o dinamismo imprevisível. Essa imprevisibilidade tem feito empresas quebrarem do dia pra noite e têm criado novas organizações, também do dia pra noite.

A eficácia e a imprevisibilidade

E aí você deve estar pensando: “Poxa, mas as empresas não se tornaram altamente eficientes? Donas de um processo extremamente maduro, que suportaram guerras mundiais e crescimentos populacionais astronômicos. Por que elas então sofrem com tanto no século XXI?”

A resposta é muito simples: quando se tem produção em linha ou já se conhece o produto, é teoricamente mais fácil de conseguir otimizar o processo em busca de redução de custos e prazos.

Vamos voltar ao exemplo da caneta. A organização já conhecia o produto que queria produzir e assim otimizar o processo é mais fácil. Afinal de contas, você já sabe o que vai produzir.

Agora falando em um produto como um app, normalmente o que se tem é um objetivo. Agora o como fazer não é necessariamente idêntico ao como fazer de outros apps. Concorda?

E ainda tem mais uma variável, pode ser que você faça o MELHOR app do mundo, mas talvez o seu usuário não goste. Dessa maneira, ele vai procurar outra empresa/produto que vai atender melhor as suas expectativas.

Tenha Eficiência e Eficácia

Por isso ser Eficaz é necessário, principalmente em um mercado altamente imprevisível.

E ser eficaz é acertar exatamente o que seu cliente quer ou precisa, é resolver uma dor dele. Isso é ter eficácia.

Aí você deve estar pensando: “Mas então, como descobrir o que cliente deseja?Experimentando, validando e adaptando. Em outras palavras, errando rápido, para acertar mais rápido ainda.

Você precisa testar hipóteses com o seu cliente final, para assim conhecer melhor os desejos dele e dessa maneira corrigir a rota e se aproximar do melhor resultado possível.

Resumindo, ter EFICÁCIA é a chave do sucesso!

Mas pense bem, na Era da Informação, onde tudo é muito dinâmico e volátil, será que existe tempo para experimentos?

A resposta é sim! Mas desde que seu processo seja EFICIENTE. Em outras palavras, você deve fazer a melhor coisa possível (eficácia) no menor tempo possível (eficiência).

Como ter Eficiência e Eficácia?

Será que existe uma resposta pra isso? Claro que sim, o Manifesto Ágil é essa resposta.

Imagino que você saiba que o Manifesto Ágil é pautado por quatro valores, nos quais está claramente presente o equilíbrio entre a Eficiência e Eficácia. Mas como? Se em nenhum dos valores essas palavras são mencionadas?

Ok, vamos entender melhor então. Abaixo os valores do Manifesto Ágil:

Eficiência e Eficácia – Manifesto Ágil

Ou seja, mesmo havendo valor nos itens da direita, damos mais valor aos itens da esquerda.

Bom, até aí tudo bem. Mas onde está a Eficiência e Eficácia nessa história toda? Vamos começar a entender melhor, valor por valor.

Indivíduos e interações mais que processos e ferramentas

Se você “quebrar” no meio, o lado direito seria “Processos e Ferramentas“, ok? E quando falamos de processos e ferramentas afirmando que devemos ter processo maduros e ferramentas de gestão, controle etc. Ou seja, estamos falando em ser EFICIENTE.

Agora, quando pegamos o lado esquerdo “Indivíduos e Interações“. Nesse ponto estamos falando da interações entre as pessoas do time, que nesse caso são Trabalhadores do Conhecimento, ou seja, transformam informação em inovação através de experimentos, validações e adaptações. Logo, estamos falando da EFICÁCIA.

Software em funcionamento mais que documentação abrangente

Seguindo a lógica de quebra no meio, no lado direito teremos “Documentação Abrangente“. Você consegue ver algo que mais remete à eficiência do que isso? Ter documentação é necessário, faz parte da otimização do meu processo de produção.

Software Funcionando é o valor mais evidente de Eficácia. Percebe que não importa aqui ainda se é o software certo, contanto que tenha o teste de hipótese, ou seja, a validação direto com o seu cliente ou usuário. Isso é ser eficaz.

Colaboração com o cliente mais que negociação de contratos

Ainda quebrando os valores, Negociação de Contrato está no lado da Eficiência, ou seja, você precisa saber quanto o seu cliente vai pagar. E para saber ‘como’ e ‘o que’, você deve otimizar em seu processo para reduzir os custos. Isso é eficiência.

Agora Colaboração com o Cliente é ser extremamente eficaz. Afinal de contas, aqui você está sendo parceiro do seu cliente, mostrando pra ele o que realmente agrega valor para o negócio dele, aqui você está querendo fazer a coisa certa. Em outras palavras, você está sendo eficaz.

Responder à mudanças mais do que seguir um plano

Esse é o que eu, particularmente, mais gosto: seguir um plano. Talvez a primeira prática de otimização de um processo de produção é a criação de um plano, que vai te garantir uma alta eficiência em seu processo.

Mas esse plano vai mudar com base no que você entregar e aí Responder à Mudanças vai ser necessário. Em outras palavras, você vai ter que adaptar e validar novamente até acertar a melhor solução. Isso é ser eficaz.

Concluindo…

Ter Eficiência e Eficácia é necessário no mundo de hoje, principalmente quando estamos falando de tecnologia, produtos e desenvolvimento de software.

Nesse momento, nada me tira da cabeça que o Manifesto Ágil, através de seus quatro valores, é a materialização perfeita do equilíbrio entre Eficiência e Eficácia. Da mesma forma de que os Métodos Ágeis são as melhores ferramentas para você equilibrar o seu processo e conseguir de maneira extremamente eficaz fazer a coisa certa para o seu cliente ou usuário.

E aí? Tem alguma dúvida sobre o que escrevi? Deixe um comentário e vamos falar mais sobre.

Quer saber mais sobre a nossa cultura? Dá uma olhada no nosso Blog. Agora, se você quiser fazer parte de um time fantástico, mande seu currículo para trabalheconosco@concrete.com.br.