Concrete Logo
Hamburger button

Os 10 links do mês – Fevereiro

  • Blog
  • 28 de Fevereiro de 2018
Share

A galera se empolgou este mês, compartilhando conhecimento em forma de links sobre assuntos bem diversificados, o que rendeu um ranking bem interessante. Teve de tudo: desde treta com o fim do horário de verão, passando por quadro para desenhar e reconhecimento internacional a uma iniciativa criada por nossos CSers, até dicas sobre como organizar a biblioteca do Mac. Ufa. Então… vamos lá? The Oscar goes… ops… 😉 Esses foram os 10 links mais comentados no fórum da Concrete, em fevereiro:

10. Whiteboard Colaborativo

Na décima colocação está Vitor Savedra com um link bem legal, principalmente, para aquelas pessoas que têm dificuldade em se explicar e muitas vezes precisam “desenhar” para que o outro entenda. 😛 Zoeiras à parte, geral curtiu a dica, dizendo que o quadro é excelente.

09. Falcon Heavy

A Scrum Master Vanessa Franchi mandou esse link que diz porque o lançamento do foguete mais potente do mundo é importante, e conquistou a nona posição. Pedro Silva foi rápido e respondeu com este link, que mostra o backstage. Vanessa, fã do Elon Musk, adorou. Já Filipe Mondaini lembrou que teve um live streaming com um carro orbitando a Terra e ainda mandou este artigo, que explica um pouco do que aconteceu com o booster central que não conseguiu pousar.

08. QuintoAndar chega ao Rio

Elcio Ribeiro ficou com a oitava colocação no ranking ao compartilhar no fórum interno da Concrete esta matéria sobre a chegada da startup no Rio de Janeiro, conhecida como o “Uber das Imobiliárias”. Josenildo Santos achou excelente, mas ficou chocado com o valor dos imóveis. Elcio respondeu dizendo que há dois fatores que contribuem para esse problema: os proprietários “early adopters” do QuintoAndar, geralmente, colocam para jogo esses imóveis mais caros; e como é mais prático alugar por lá, todo imóvel mais barato é alugado muito rápido. Aí sobram os mais caros até que tenha uma adesão geral considerável, como está acontecendo em SP.

07. The Death of Microsservice Madness in 2018

Em sétimo lugar ficou Pedro Rasera, que enviou para o fórum o link deste artigo interessante que traz de maneira mais direta os principais prós e contras dos microsserviços.

Netflix are great at devops. Netflix do microservices. Therefore: If I do microservices, I am great at devops.

06. Modern JavaScript Explained For Dinosaurs

Acho que agora vai, hein?! Brincadeira. 😛 Na sexta colocação do nosso ranking está Bruno Gonçalves, com “o artigo que a Internet precisava”.

The goal of this article to to provide a historical context of how JavaScript tools have evolved to what they are today in 2017. We’ll start from the beginning and build an example website like the dinosaurs did — no tools, just plain HTML and JavaScript. Then we’ll introduce different tools incrementally to see the problems that they solve one at a time. With this historical context, you’ll be better able to learn and adapt to the ever-changing JavaScript landscape going forward. Let’s get started!

Rodrigo Medeiros leu este artigo sobre CSS, preenchendo o que ele chamou de “gap de mais de 7 anos de conhecimento”, isso porque passou muito tempo como dev web, mais preocupado com o back-end do que fazendo apenas o suficiente para o front-end. Rodrigo disse que sabia para que serviam tecnologias como LESS, SASS e mixins e quando usar posicionamento absoluto ou relativo, mas nunca se preocupou em saber suas histórias e conhecer todas as tecnologias.

Bruno, que ainda não tinha lido o artigo sobre CSS, disse que esse autor, realmente, tem uma dinâmica muito boa. Celso Alves entrou na conversa compartilhando ainda mais conhecimento, do jeito que a gente gosta. 😉 Ele mostrou um slide da Talita Pagani sobre CSS Sustentável bem interessante. Celso, hoje, usa o BEM em um projeto da Concrete, já trabalhou com SMACSS, mas é a favor de o time definir o melhor rumo a ser tomado e até, quem sabe, mesclar boas práticas para chegar a um melhor cenário. Ele ainda compartilhou outro link com a gente sobre MaintainableCSS.

05. Your sketch library is not a design system

Gabriel Brettas lançou essa provocação e conseguiu a quinta colocação no ranking. Claudia Mardegan foi a primeira a responder, dizendo que concorda com tudo o que o artigo diz, mas que a biblioteca do Sketch é uma mão na roda, ah isso é sim. Para ela, muita gente também confunde design system com style guide. Rafael Xavier veio logo citando um trecho do texto, mostrando que já separaram os oceanos: “Make sure you have front-end designers on your design system team”.

Xavier lembrou que Raniel Oliveira comentou em uma talk que algumas empresas já focam nesse tipo de time, mas para ele o problema é encontrar modelos e exemplos de fato, pois os que viu até agora não despontam ou ficam limitados à library. Raniel lembrou que o Airbnb tem um time e um cargo só para isso, chamado de DesignOps; e a galera da OLX usa git e abstract. Tem até um artigo sobre o design system deles.

04. Composerize

Na quarta colocação está o link de um site no qual você escreve seu comando docker run e ele converte em formato composer yaml, enviado por Francisco Gonçalez. Cristian Trucco se amarrou e disse que depois de criarem os composes é possível instalar uma ferramenta para gerenciar tudo isso usando uma interface gráfica, o Portainer. Esta ferramenta é boa para quem está começando agora com containers e Docker e também para quem já conhece como o Docker funciona, por isso é possível tirar proveito do Portainer para criar containers e para gerenciar um cluster. Tem até uma live demo ensinando como usar.

03. “Organizador” de janelas para Mac

Vitor Savedra retorna ao ranking, mas desta vez para subir ao pódio e ostentar a medalha de bronze com o link voltado para quem, assim como ele, sofre para organizar as janelas no Mac. Bruno Rocha sugeriu uma segunda opção e Maurício Cardozo diz que prefere usar o Better Touch Tool para isso, porque além de window management dá para customizar os gestos do trackpad/Magic Mouse, modificar os botões da Touch Bar e mais um monte de outras coisas. Já Flávio Lages usa o Magnet, com uma abordagem parecida; e Pedro Rasera o ShiftIt, mas ficou curioso com o Veeer.

02. Grupo de Testes Carioca agora é representante do Ministry of Testing

É orgulho que fala, né?! <3 Do segundo lugar mais alto do pódio, Samanta Cicilia mandou avisar que depois de alguns anos à frente do Grupo de Testes Carioca, junto com Josenildo Santos e André Mendes, agora o meetup representa o Rio de Janeiro no Ministry of Testing, que está em 25 cidades e quatro continentes. Boa time!

01. Chega de Horário de Verão

No primeiríssimo lugar, a eterna discussão: o horário de verão é realmente necessário? Nosso Capitão, Victor Nascimento, deu asas à treta lançando o link dessa matéria em nosso fórum interno. Ela fala que a União Europeia está revendo toda essa história de horário de verão, pois complica bastante qualquer sistema. Filipe Mondaini foi o primeiro a comentar, dizendo que parece que o dia rende mais com o horário de verão; Matheus Lima não aprova, porque nessa época os jogos da NFL e da NBA passam mais cedo. Aí surgiram as hashtags que marcaram as divergências de opinião: #FicaHoráriodeVerão e #ForaHoráriodeVerão. André Silva curte o horário por any fatores, mas ‘economia de energia’ não é um deles. Para ele. esse argumento não cola mais, porque neste verão a economia no Brasil, no quesito energia, foi de -1%.

Se você também gosta de compartilhar conhecimento e quer fazer parte do nosso time, mande o seu currículo para a gente. Mas se você precisa de ajuda para a sua estratégia e quer saber mais sobre nossos times e produtos, entre em contato.